INSTALAÇÃO GRÁTIS

RASTREADOR VEICULAR 24H

LIGAMOS PARA VOCÊ!

Your browser does not support JavaScript!. Please enable javascript in your browser in order to get form work properly.

RASTREAMOS SEU VEÍCULO

24 HORAS, TODOS OS DIAS PRA VOCÊ

PROTEJA SEU VEÍCULO COM RASTREADOR capSAT

POR QUE INSTALAR RASTREADOR?

O rastreador possui inúmeras vantagens e vale a pena conhecê-las para cuidar cada vez mais de sua segurança e do seu veículo.

Entre as principais estão:

DEIXA O SEGURO MAIS BARATO

DEIXA O SEGURO MAIS BARATO

O rastreador é um dos itens que pode deixar o seguro mais barato, pois ele ajuda na busca e recuperação do veículo em caso de roubo. A economia é de até 25% em relação ao seguro de veículos sem rastreador.
CASOS DE ROUBOS DE VEÍCULO

CASOS DE ROUBOS DE VEÍCULO

Nos casos em que seu veículo for roubado é possível saber a localização imediatamente e iniciar o processo de recuperação do mesmo.
AUXILIA EM SUA SEGURANÇA PESSOAL

AUXILIA EM SUA SEGURANÇA PESSOAL

Como permite a localização do veículo, em caso de sequestro é possível que o veículo seja localizado e o resgate da vítima seja rápido.
ATENÇÃO

ATENÇÃO

De nada vale ter seguro de um veículo financiado e, ao não acharem o veículo, receber somente uma parte do valor, ficando sem o veículo e obtendo prejuízos.

NOSSA META E MISSÃO É DE ESTAR SEMPRE ATUALIZADOS.

A capSAT é uma empresa focada no desenvolvimento de soluções e tecnologia em rastreamento.

Possuímos prática em todas as etapas necessárias para fornecer excelência na prestação de serviço de rastreamento do seu veículo, utilizando se de uma equipe qualificada e de equipamentos modernos e eficazes.

DEPOIMENTOS

Veja o que nossos clientes dizem sobre o rastreador capSAT
Bootstrap Testimonial Carousel

RASTREAR VEÍCULO

telefone1 – Ligue para Central de Rastreamento
62 3289-7550 – Goiânia/GO
64 3051-6090 – Rio Verde/GO
61 4063-9026 – Brasília/DF
63 3025-8017 – Palmas/TO
34 3334-7260 – Uberlândia/MG
91 4042-1731 – Belém/PA
0300 313 0071 – Outras Localidades


2 – No atendimento OPTAR PELA OPÇÃO 4

3 – (URA) Unidade de Resposta Audível atenderá solicitando SEU NÚMERO DE USUÁRIO SEGUIDO DA TECLA #

4– A URA informará o nome do cliente E SOLICITARÁ OS 4 NÚMEROS DA PLACA DO VEÍCULO SEGUIDO DA TECLA #

5 – Em caso de roubo DIGITE A OPÇÃO 5 que uma atendente irá te ajudar

Acesse o App

ATENÇÃO:

De nada vale ter seguro de um veículo financiado e, ao não acharem o veículo, receber somente uma parte do valor, ficando sem o veículo e obtendo prejuízos.

VEÍCULO ROUBADO - FINANCIADO COM SEGURO E SEM RASTREADOR?

– Quem receberá a indenização da Seguradora em caso de perda total do veículo? O proprietário do veículo (segurado) ou a Financeira?
– Qual será o valor da indenização? Será o valor do veículo pelo preço de mercado ou o valor devido para a Financeira?
– Quem pagará as taxas de licenciamento do veículo (IPVA, DPVAT, Controlar, Licenciamento) e as multas que possam existir?

Vamos inicialmente colocar um exemplo para ilustrar a situação:

João adquiriu um veículo zero km no valor de R$ 40.000,00 dando como entrada R$ 10.000,00 que possuía em sua poupança e financiou com seu banco os R$ 30.000,00 que faltavam, através de CDC (Crédito Direto ao Consumidor).
Os R$30.000,00 financiados, transformaram-se em uma dívida de R$ 38.000,00 que será paga em 48 meses. O veículo por não estar totalmente pago ficou Alienado Fiduciariamente para a Financeira.
João fez um seguro completo do veículo com cláusula de reajuste do valor do veículo através da tabela FIPE . O seguro custou R$ 2.000,00 que serão pagos em 10 parcelas. Infelizmente após 15 dias seu veículo foi roubado, e não foi encontrado – caracterizado como perda total…

1 – Qual será o valor da indenização que a Seguradora ira pagar?
Apesar de João possuir uma dívida com a Financeira no valor de R$ 38.000,00 a Seguradora ira disponibilizar uma indenização no valor atual de mercado com base na Tabela FIPE que será de R$ 40.000,00.

2 – A parcela de seguro que foi paga para a Seguradora será devolvida? O seguro que foi parcelado deverá ser pago?
Não haverá devolução de parcela de seguro paga.
Ocorrendo sinistro com indenização integral, as parcelas vincendas até o vencimento da apólice serão deduzidas da indenização. O segurado pode ainda negociar com a Seguradora e continuar a pagar as parcelas conforme acordado.
Importante observar que o parcelamento do seguro é uma facilidade que a Seguradora fornece ao Segurado, mas isto não significa que o valor pago para a seguradora (prêmio) deva ser considerado de forma “parcelada”. O valor do seguro integra ao fundo que custeia as indenizações e deve ser pago de forma integral.

3 – Tratando-se de roubo de veículo, haverá pagamento da franquia?

Nos sinistros de Indenização integral do veículo como é este caso (roubo com perda total) , a regra geral é que não haverá o pagamento da franquia, exceto se estiver discriminado na apólice a negativa para este tipo.

4 – Quem receberá a indenização? O segurado ou a Financeira?

As seguradoras possuem cláusulas semelhantes com relação à forma de pagamento.
Como existe uma dívida com a Financeira, e esta possui o veículo alienado em seu nome, a Seguradora fará o pagamento para a Financeira, preferencialmente, e o restante será dado para João. No caso, a Seguradora repassará R$ 38.000,00 para a Financeira.
Vale lembrar que João havia dado como entrada R$ 10.000,00, mas somente receberá R$ 2.000,00, ficando com um prejuízo de R$ 8.000,00. Ele poderia receber a indenização da Seguradora se fizesse o pagamento total da dívida (quitação) junto a Financeira.
Importante observar que tratam-se de dois contratos separados:
O contrato de seguro do veículo feito com a Seguradora e o contrato de financiamento feito com a Financeira.

5 – Quem é o responsável pelo pagamento das taxas?

João é o proprietário do veículo e são de sua responsabilidade o pagamento do IPVA, DPVAT, Licenciamento e eventuais multas. Somente no caso do IPVA João poderá entrar com um requerimento na Secretaria da Fazenda pedindo o ressarcimento da diferença do imposto dos meses que já foi pago.

6 – João receberá um outro veículo em reposição ao que foi roubado?

Como regra geral Não. A Financeira recebeu dinheiro (R$ 38.000,00) para a quitação da dívida que João possuía. Para que João pudesse comprar um novo veículo seria necessário fazer um novo financiamento.